Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Que valor tem o património cultural LGBTQI+?

conferencia patrimonio lgbtqi.png

A esta pergunta, e a todas as outras que se seguem, serão dadas respostas e proporcionadas reflexões na conferência anual organizada pela associação Acesso Cultura.

 

 

Orgulho LGBT+: de Stonewall à contemporaneidade brasileira

William Galvão.png

Na madrugada de 28 de junho de 1969, um grupo de policiais de Nova York fez uma rotineira e violenta batida no Stonewall Inn, bar onde a hostilização e abusos policiais eram frequentes. O local reunia gays, lésbicas, bissexuais, pessoas trans, drag queens e outras figuras marginalizadas.

 

 

Quem é esta mãe que inspira tanta gente?

mae.jpg

 

Cristina Méga, 55 anos, ​é mãe de dois filhos, um de 28 anos e outro de 23 anos, com orientações sexuais diferentes. Foi à Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa com um cartaz em que se lia (à frente) “Eu amo o meu filho, ele ama quem quiser” e no verso “Amar os filhos(as) é: Aceitar, Respeitar, Apoiar nas suas Escolhas e na sua Essência". As fotos sobre a sua presença na Marcha tornaram-se virais.

 

 

Bar WoofLx fecha

wooflx.jpg

Ao fim de oito anos de existência, o bar WoofLx, situado na rua da Palmeira, no Príncipe Real (Lisboa), vai fechar portas. O espaço, quando nasceu, pretendia ser uma referência para a comunidade bear. Além disso, foi dos primeiros locais gay da zona com porta sempre aberta, de forma a que os clientes pudessem beber ou conviver na rua. 

 

 

Legalizada primeira associação LGBT de Angola

foto iris.jpg

O Estado angolano reconheceu formalmente a Íris, fundada em 2015, emitindo a certidão de constituição da associação. Com sede em Luanda e desenvolvendo actividades também na província de Benguela, a Íris passa a ser a primeira associação de defesa dos direitos do LGBT do país.

 

Como é viver na freguesia mais gayfriendly do país

 

misericordia.jpg

A freguesia da Misericórdia, que compreende o Príncipe Real e o Bairro Alto, é considerada a freguesia mais gayfriendly do país. Além de acolher os principais bares e discotecas de Lisboa dirigidas ao público LGBTI, a Junta de Freguesia tem promovido várias iniciativas em prol dos direitos LGBTI. Mas será que há margem para melhorar?